Atos liderados por apoiadores de Bolsonaro tomam conta de Manaus, nesta terça-feira

As manifestações pró-Bolsonaro irão ocorrer em pontos diferentes de Manaus: Praça do Congresso, Bola da Suframa e Ponta Negra

Manaus | AM

No Amazonas e em outros estados do Brasil, partidos e movimentos políticos de direita estão promovendo inúmeros atos em favor do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Em Manaus, essas lideranças estão convocando apoiadores para participarem dos eventos em três pontos distintos na cidade. 

Os locais de concentração que estão pré-definidos são: Praia da Ponta Negra, Zona Oeste; Praça do Congresso, Zona Sul e Centro Cultural dos Povos da Amazônia (Bola da Suframa), também na Zona Sul. Nos três pontos, as concentrações irão iniciar a partir das 15h. 

Políticos como o deputado federal Silas Câmara (PSD), deputado federal Delegado Pablo (PSL) e o político coronel Alfredo Menezes (Patriotas), são os principais defensores do presidente Jair Bolsonaro na capital e encabeçam as manifestações, convidando a população por meio das redes sociais.

“Reforço meu convite para o ato de liberdade, amor por nosso Brasil, nesta terça-feira, dia 7 de setembro, na Ponta Negra. Estarei lá e aguardo todos vocês!”, escreveu o deputado Delegado Pablo.

Usando como referência uma banca de venda de frutas, com uma representatividade da bandeira Brasil, o coronel Menezes escreveu: “É desse sentimento patriótico que precisamos, dia 7 de setembri, na Praça do Congresso ou em qualquer lugar, venha para rua e mostre que a liberdade é a nossa maior conquista! Selva!”.

“No dia 7 de Setembro, às 15h, temos um encontro marcado! Estaremos juntos na Bola da Suframa. Por Deus, pátria, famílai e pela liberdade do Brasil”, publicou Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente