Arthur Neto deixou creches e áreas de lazer inacabadas ou abandonadas em Manaus, diz Comissão

Manaus | AM

Conforme a Comissão de Apuração de Obras em Conclusão do Município de Manaus, a gestão de Arthur Neto (PSDB) deixou pelo o menos 50 obras inacabadas ou abandonadas pela cidade e dentre elas estão, pelo o menos, 7 creches e diversas áreas de lazer que eram destinadas a população manauara.

A comissão foi criada pelo prefeito de Manaus David Almeida (Avante), para apurar obras inacabadas pela antiga gestão e dar celeridade aos processos para que sejam concluídas. Segundo o presidente da comissão, Claudinei Lopes da Conselho Municipal de Gestão Estratégica (CMGE), eles estão mapeando as obras deixadas de lado pela gestão de Arthur, vendo os contratos firmados de forma minuciosa e buscando soluções efetivas sem gerar maiores gastos para a administração atual.

Creches e espaços de lazer abandonados

O trabalho da comissão que está no início e segundo estimativas até o final do ano devem chegar ao fim, segundo Lopes pelo o menos 50 obras já foram sinalizadas. “Esse ainda é um número prévio, talvez seja até maior. Por enquanto passamos pelas pastas de educação, esportes e escolas que iniciaram obras e outras que sequer foram iniciadas.”, disse o presidente.

Arthur Neto
Balanço de obras de creches iniciadas durante a gestão de Arthur Neto e que foram abandonadas. Foto: Divulgação

Ainda segundo Claudinei, sete creches foram encontradas com o prazo de conclusão para 2018, mas até agora não foram entregues e a comissão irá acelerar o processo. “Seis delas estão abandonadas e o trabalho deverá ser refeito pela Prefeitura”, disse Lopes.

Arthur
“Tá abandonada, qualquer pessoa entra e sai, fica até perigoso, servindo de abrigo para atos ilícitos”, disse o presidente da Comissão.

Uma dessas creches que chamou atenção do presidente, foi a obra situada no bairro Santa Etelvina, onde já teria uma invasão próxima e sem vias de acesso pavimentadas. “Tá abandonada, qualquer pessoa entra e sai, fica até perigoso, servindo de abrigo para atos ilícitos”, disse.

Conforme Lopes, dessas sete creches, seis foram feitas com um consórcio paulista que já teria falido e apenas uma teria ainda o contrato em vigência, sendo necessário a abertura de uma nova licitação de serviços para concluir as obras.

Área de Lazer no Armando Mendes

Arthur NEto
Obra da mini vila olímpica do Armando Mendes foi completamente abandonada durante a gestão de Arthur Neto. Foto: Divulgação

Uma das obras que estão na lista de inacabadas na gestão de Arthur Neto, se trata da mini vila olímpica no bairro Armando Mendes, zona Leste de Manaus. A obra foi realizada na gestão do ex-prefeito e seguiu por anos sem manutenção. A obra custou aos cofres públicos R$ 667.328,47.

A situação atual da Mini Vila Olímpica, que em decorrência da falta de segurança, se tornou um lugar propício para abrigar usuários de drogas. Segundo denuncias feitas pelos moradores que reclamam da falta de manutenção do local, o que proporciona a proliferação de mosquitos e doenças.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA