Arthur Neto critica Segurança, mas não informa se aparelhou Guarda Municipal

De acordo com o presidente da Comissão Técnica Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Capitão Carpê Andrade, ele irá solicitar informações se Arhur Neto fez algum investimento em Segurança ao longo de 8 anos

Manaus | AM

Neste domingo (6), o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), usou suas redes sociais para criticar a Segurança Pública do Amazonas. Porém, não informou o que fez de efetivo, ao longo de 8 anos no comando da capital do Estado, para contribuir com a segurança da capital do Estado.

De acordo com Arthur Neto, o que foi presenciado, no último final de semana em Manaus, “é um absurdo”. “Estamos à míngua. E não culpo os guerreiros e guerreiras das corporações que precisam de mais equipamentos, capacitações e suporte humano mesmo”, disse ele.

Diante da declaração do ex-prefeito, o presidente da Comissão Técnica Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos), afirmou que vai solicitar da Prefeitura de Manaus informações se Arhur Neto fez algum investimento em Segurança Pública para Manaus.

“A Guarda Municipal com absoluta certeza está sucateada. Até onde sei, só trocaram o fardamento”, afirmou o parlamentar, que ressaltou que se a Guarda Municipal estivesse equipada, poderia ter ajudado em alguns ataques que ocorreram na cidade.

Armamento

O Projeto de Lei (PL) que visa armar a Guarda Municipal de Manaus tramita na Câmara Municipal desde março deste ano. A proposta foi apresentada pelos vereadores Capitão Carpê e Mitoso (PTB). Atualmente, a propositura encontra-se em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Ainda neste domingo, o prefeito de Manaus, David Almeida, afirmou que após os ataques de criminosos pretende arma a Guarda Municipal. “Se eu estou com minha Guarda Municipal armada. isso não teria acontecido”, disse Almeida ao conferir os atos de vandalismo que ocorreram na Bola das Letras, no bairro Dom Pedro, Zona Oeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Haddad vai participar de ato 'Fora, Bolsonaro' no próximo sábado (19)

Senadores dizem que MP da privatização da Eletrobras é ‘tratoraço’ e permite contratação de ‘energia suja’

Comissão da Covid-19 ouve o ministro da Saúde nesta segunda-feira