Após 8 anos de gestão Arthur Neto, Manaus segue com a menor cobertura de saúde básica do Amazonas

A informação foi confirmada, neste domingo (10), pelo novo prefeito de Manaus, David Almeida que está no cargo há dez dias

Manaus | AM

Com dez dias no comando da Prefeitura de Manaus, David Almeida fez, neste domingo (10), uma transmissão ao vivo em suas redes sociais. Na oportunidade, ele aproveitou para pedir que as pessoas evitem sair de casa por conta da pandemia do novo coronavírua (Covid-19), falou sobre a abertura do hospital de campanha (programada para esta terça-feira) e revelou a atual situação da saúde municipal, após 8 anos da gestão Arthur Neto.

Almeida se disse “indignado” e questionou o fato de, em pleno 2021, Manaus não ter um hospital público municipal. Questionou, ainda, “mesmo não querendo buscar culpados”, o fato da prefeitura ter gastado “cinco vezes mais em propaganda do que com remédio”. “Porque (Manaus) gasta dez vezes mais com propaganda do que gasta com educação básica?”.

Em matéria publicada, na última terça-feira (5), o site O PODER mostrou para quem foi parte dos R$ 754 milhões gastos com publicidade pelo ex-prefeito Arthur Neto. Durante suas duas gestões, Arthur concedeu ao empresário Antônio Fernandes Barros Lima Júnior, o status de ‘barão’. Ele faturou quase de R$ 180 milhões com quatro empresas das quais é sócio: Digital Comunicação, X Press Serviço de Comunicação, 7 Comunicação e Serviços Empresariais e J7 Comércio de Material de Limpeza e Escritório.

Saiba para quem foi parte dos R$ 754 milhões gastos por Arthur Neto em publicidade

O prefeito David Almeida revelou, ainda, que Manaus é a cidade do Amazonas que tem a menor cobertura de saúde básica. Ele disse, também, que “é a única cidade capital do Brasil que não tem gestão plena da sáude”.

De acordo com as normas do Sistema Único de Saúde (SUS), o município que assume a gestão plena de saúde, é competente para gerir e executar os serviços públicos de saúde, podendo autorizar internações hospitalares, o que ainda não acontece em Manaus.

“Eu, enquanto prefeito de Manaus, sei dos desafios que temos nas mãos e nós vamos resolver todos esses desafios. Só que vim aqui pedir para você morador da minha cidade, não é hora de sair de casa, não é hora de ir para a esquina, não é hora de ir para o bar da esquina, não é hora de fazer festinha em casa. Esse é o momento nós nos guardamos”, pediu ele.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncias contra Prevent Senior foram manipuladas, diz diretor na CPI

Governo do Estado atua em duas frentes para investigar casos suspeitos de rabdomiólise no Amazonas

‘Gostaria que ela saísse para ontem’ diz Roberto Cidade sobre a CPI da Amazonas Energia